6 de agosto de 2023

Tempo de Leitura: 2 minutos

O podcast Introvertendo, produzido por autistas adultos e com diálogos sobre o autismo, lançou nesta sexta-feira (4) o seu 253º episódio, chamado “Romantização do Autismo”. O jornalista e ativista Tiago Abreu, que participa do episódio, defendeu que a discussão da romantização do autismo afeta as relações na comunidade do autismo, incluindo a construção de políticas públicas.

“A romantização do autismo provoca essas brigas dentro da comunidade, faz as pessoas terem o entendimento errado do que é o autismo e influencia as políticas públicas. E toda legislação ou toda discussão de política pública causa treta na comunidade do autismo. Se pessoas autistas, por exemplo, defenderem que autista não precisa de terapia porque autismo não é transtorno, temos um grande risco do Estado, que não quer gastar recursos, se apoiar num discurso que em tese se propõe a ser emancipador e não é. A gente tem que tomar muito cuidado sobre aquilo que a gente defende”, argumentou.

Publicidade
ExpoTEA

Ele também acredita que falar sobre a romantização do autismo em si é um erro de estratégia. “Romantização pode ser muitas coisas diferentes. É uma expressão que significa muita coisa e acaba sendo genérica. A gente precisa especificar melhor qual é a nossa crítica, parar de criticar a romantização do autismo e especificar melhor qual romantização a gente está se referindo”, acrescentou.

O episódio está disponível para ser ouvido em diferentes plataformas de podcast e streaming de música, como o Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e CastBox, ou no player abaixo. O Introvertendo também possui transcrição de seus episódios e uma ferramenta em Libras, acessível para pessoas com deficiência auditiva.

Introvertendo: Despedida

A equipe do Introvertendo anunciou que vai encerrar suas atividades em 22 de setembro de 2023 e “Romantização do Autismo” é o quarto da série, que tem um total de 11 episódios. Abreu, que dirige o programa, contou sobre bastidores do episódio. “Prometemos esse episódio desde o ano passado, mas acabamos deixando de lado porque em 2022 queríamos nos afastar de polêmicas. Mas acho que agora foi um ótimo momento”, contou.

Tiago também afirmou que o design da capa também surgiu como uma espécie de resposta. “Muitas pessoas usam esse meme da piscina como forma de provocação. E acho que, na maioria das vezes, as discussões que surgem em torno dessa imagem são inúteis. Mas o legal dessa capa é que utilizamos as novas funções de inteligência artificial da Adobe para ampliar as imagens e o resultado ficou muito bom”, acrescentou.

Ele também disse que ‘Romantização’ e o episódio seguinte do Introvertendo estão interligados. “Fizemos este episódio, que é uma crítica a perspectivas equivocadas sobre o autismo, mas também não acreditamos que seja saudável ou correto falar apenas dos impactos negativos em relação ao autismo. Por isso, o tema da semana que vem vai explorar um outro lado sobre o diagnóstico”, concluiu.

COMPARTILHAR:

Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina.

Seminário RIO TEAMA ocorre em setembro; inscrições estão abertas

Midnight Dreams: jogo tem personagem autista

Publicidade
Assine a Revista Autismo
Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)