14 de setembro de 2021

Tempo de Leitura: < 1 minuto

A Escola Classe Granja do Torto, no Distrito Federal, é pública e foi fundada na década de 1960 pela Embaixada do México. Recentemente, a instituição ganhou destaque por utilizar animais para ajudar na adaptação e inclusão de três alunos autistas matriculados na escola.

De acordo com o G1, tudo começou em 2019, quando familiares de uma menina autista queriam matriculá-la na escola. “Aí vi uma reportagem onde um veterinário levou para o apartamento dele uma mini cabra que tinha sido rejeitada pela mãe, e a filha dele melhorou em todos os aspectos pedagógicos, criando essa mini cabra. Aí, nós fomos atrás”, disse a diretora Danielle Vieira Salles.

Publicidade
Livro: Autismo — Não espere, aja logo!

Segundo Danielle, a ideia de ajudar autistas no ambiente escolar com animais tem dado certo. “Eles se aproximam mais. A interação, primeiro com os animais, leva à interação com o ambiente e, consequentemente, com as outras crianças que fazem parte desse ambiente. Acaba aproximando tudo, é muito natural”, completou.

COMPARTILHAR:

Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina.

Artista autista, Lucas Ksenhuk é autor de capa de edição 14 da Revista Autismo

Introdução à ABA: o que é ABA?

Publicidade
Assine a Revista Autismo
Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)