Posts

Mães e pais de autistas criam produtos e negócios para autistas

Tempo de Leitura: < 1 minutoDiante da falta de serviços especializados para autistas em questões médicas e sociais, mães e pais de autistas pelo país estão desenvolvendo negócios para atendê-los, de acordo com reportagem publicada pela Folha de S.Paulo no último sábado (22).

Uma das histórias contadas foi a de Julia Nycolack, que criou uma linha de roupas após seu filho enfrentar dificuldades com certos tecidos. “A primeira camisa polo que pus, ele gritava e se debatia como se estivesse pegando fogo. Descobri essas disfunções sensoriais antes mesmo de ele receber o diagnóstico de autismo”, contou.

A reportagem também aborda as histórias de Rafael Abreu Mendes, Ronaldo Cohin e outros familiares, bem como a criação da organização Genial Care.

Mais exemplos

Além das iniciativas citadas pelo texto da Folha, vale destacar também este Canal Autismo / Revista Autismo, o laboratório Tismoo Biotech e a startup Tismoo.me, primeira rede social do mundo dedicada ao autismo, todas iniciativas de pais de autistas, dentre tantas outras.

Família que criou app para autistas, recebe capacitação do programa HealthTech Barretos

Tempo de Leitura: < 1 minutoUma iniciativa do Sebrae-SP e Hospital de Amor, por meio do Hub Harena Inovação, o programa HealthTech Barretos selecionou o Matraquinha, aplicativo de comunicação alternativa para participar do processo de aceleração, todo o programa será online e terá duração de 12 semanas. Ao todo, participam 14 startups do setor de saúde.

As startups inscritas passaram por uma análise inicial da equipe do Sebrae para avaliar a aderência aos critérios do programa: grau de inovação, modelo de negócio e potencial de escala. As startups qualificadas foram convidadas para apresentar o pitch (apresentação rápida de uma ideia ou oportunidade de negócio) para uma banca formada por dois profissionais do Sebrae, um médico do Hospital de Amor e um representante da comunidade de startups de Barretos, o Bruto Valley.

“A aprovação neste programa é mais um indicador que estamos no caminho certo e será de extrema importância para a evolução do Matraquinha”, ressalta Wagner Yamuto, co-fundador da empresa.

Aplicativo

Matraquinha é um app de comunicação alternativa para ajudar crianças e adolescentes com autismo a transmitirem seus desejos, emoções e necessidades através de dispositivos móveis (smartphones e tablets).

A comunicação da criança é feita através de figuras e que, ao serem clicadas, fazem com que uma voz reproduza o que a criança deseja transmitir.

Mais informação sobre o programa estão no site contato.sebraesp.com.br/healthtech/. E, sobre o Matraquinhahttps://www.matraquinha.com.br.

Família que criou app para autistas, recebe capacitação do programa Healthtech Barretos - Canal Autismo / Revista Autismo

Telas do aplicativo Matraquinha.