Arquivo para Tag: abuso sexual

‘Ele não negou, nem confirmou’, diz delegada sobre fonoaudiólogo suspeito de abusar crianças no MS

Tempo de Leitura: < 1 minutoQuatro crianças atendidas em Campo Grande pelo fonoaudiólogo Wilson Nonato Rabelo Sobrinho, segundo a Polícia Civil, foram abusadas. O profissional chegou a atender mais de 200 crianças, entre elas com diagnósticos como autismo e TDAH.

Segundo Fernanda Félix, delegada que trabalha na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), o fonoaudiólogo permaneceu em silêncio durante depoimento. “Ele não negou, nem confirmou. Apenas manifestou o desejo de falar apenas em juízo. Não respondeu nenhuma pergunta. Ele apenas disse que veio de Manaus”, afirmou ao G1.

De acordo com informações divulgadas pelo Campo Grande News a partir de relatos de vítimas, Wilson esfregava as mãos nas partes íntimas, chegou a ejacular e pedia segredo aos pacientes. Uma das barreiras para a identificação imediata dos abusos era a dificuldade de comunicação das crianças atendidas.

ONDA-AUTISMO lança campanha contra o abuso sexual de crianças e adolescentes com deficiência

Tempo de Leitura: 2 minutos

Por ONDA-Autismo

Ação prevê o reedição do livro “Não me toca, seu boboca!”, com posfácio informativo para adultos

Você sabia que a cada hora, quatro crianças ou adolescentes são sexualmente violentados no Brasil? Entre 2011 e 2018, o Ministério da Saúde recebeu mais de 150 mil notificações de abuso, sendo que ¾ foram praticados contra menores de 18 anos. Neste contexto, um estudo americano, realizado em Nebraska (2000) relevou que uma pessoa com deficiência é quatro vezes mais propensa a sofrer violência sexual e, conforme apontou uma pesquisa mais recente (Suécia/2018), mulheres autistas têm risco triplicado de abusos na infância.

Estes dados são apresentados pelo especialista em Psiquiatria da Infância, Dr. Arthur Melo e Kummer, em posfácio informativo destinado à leitura de pais ou responsáveis na reedição especial do livro infantil “Não me toca, seu boboca!”, da escritora Andrea Viviana Taubman. A iniciativa faz parte da campanha nacional “TEAmparar”, realizada neste mês de outubro, pela Organização Neurodiversa para o Direito dos Autistas (Onda-Autismo).

“O abuso sexual contra crianças autistas é um dos maiores motivos de traumas que, por vezes, se tornam intransponíveis, culminando em suicídio. Não podemos deixar com que esse seja um assunto tabu em nossa comunidade, mantendo-o na invisibilidade”, explica o presidente da Onda-Autismo, Fábio Cordeiro.

 

TEAmparar 

O idealizador da campanha nacional é o membro voluntário do Conselho de Autistas da Onda-Autismo, Matheus Henrique Serafim da Silva. Foi dele a sugestão de que um tema tão difícil de ser compreendido por crianças e adolescentes seja tratado de uma forma leve, através da personagem Ritoca, do livro “Não me toca, seu boboca!” (Editora Aletria) e do menino de “O menino só”, (Editora Zit), ambos livros da escritora Andrea Viviana Taubman.

“Cabe destacar que o foco do projeto é a conscientização do público infanto-juvenil, seus familiares, terapeutas, professores e demais interessados na prevenção ou identificação dos sinais de abuso. Também pretendemos sensibilizar as pessoas para que façam o exercício de se colocarem no lugar do outro e de enxergarem por de trás de mitos naturalizados e preconceitos enraizados, conhecendo melhor o Transtorno do Espectro Autista”, comenta Cordeiro.

Nesta reedição, serão lançados 500 exemplares do livro “Não me toca, seu boboca!”, com o posfácio informativo. Também está agendada para a noite de 12 de outubro, no instagram @ondaautismo uma live com a escritora Andrea Viviana Taubman, o idealizador do projeto, Matheus Henrique Serafim da Silva e o presidente da entidade, Fábio Cordeiro.