15 de outubro de 2021

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Amanda Cristina de Souza Olivo é doceira e mãe de um menino autista de 11 anos que estuda em uma escola estadual na zona oeste de São Paulo. Na última terça-feira (12), a mãe denunciou a exclusão do filho no ensino da instituição.

Em entrevista ao G1, ela disse que a diretora da escola disse que não teria ninguém para cuidar do filho. “Fiquei meio chocada, não estava acreditando que estava acontecendo isso. Estou cansada de passar por isso”, afirmou.

Publicidade
Genioo

Embora a Secretaria Estadual da Educação tenha justificado que a criança “estaria muito agitada”, a família deve entrar com uma ação de indenização na Justiça por constrangimento.

COMPARTILHAR:

Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina.

Por que os dias cinzentos me deixam triste?

‘A legislação brasileira é muito boa sim e desvalorizada’, diz advogado autista

Publicidade
Assine a Revista Autismo
Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)