1 de março de 2023

Tempo de Leitura: < 1 minuto

O sociólogo Jason Arday, que é diagnosticado com autismo, será o professor negro mais jovem da Universidade de Cambridge. Arday teve dificuldades de fala até os 11 anos e não aprendeu a ler ou escrever até os 18.

Sua primeira experiência, segundo O Globo, foi como professor de educação física. A partir desse trabalho, percebeu as desigualdades sistêmicas na educação e decidiu continuar estudando. Arday conseguiu finalizar dois mestrados e um doutorado em estudos educacionais, mesmo não tendo sido bem aceito inicialmente na produção de artigos acadêmicos.

Publicidade
Genioo

Agora, aos 37 anos, assume o cargo de professor de sociologia da educação na Universidade de Cambridge, tornando-se um dos cinco professores negros na instituição. Seu objetivo é contribuir para a democratização verdadeira do ensino superior.

COMPARTILHAR:

Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina.

Autismo Severo: Reflexões

Meninos: ainda são a maioria no TEA

Publicidade
Assine a Revista Autismo
Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)