18 de março de 2024

Tempo de Leitura: < 1 minuto

A Associação dos Amigos dos Autistas do Distrito Federal (AMA-DF) foi despejada de suas instalações no Instituto de Saúde Mental (ISM) no Riacho Fundo 1, após uma ação de reintegração de posse movida pela Secretaria de Saúde.

Segundo reportagem do Metrópoles, mesmo com apelos da comunidade, famílias e até do apresentador Marcos Mion, a Secretaria de Saúde não voltou atrás na decisão. A presidente da AMA-DF, Gisele Montenegro, declarou que, sem um novo local e infraestrutura mínima, a AMA terá que fechar definitivamente suas portas.
A Secretaria de Saúde havia prometido alternativas para a continuidade dos serviços da AMA. No entanto, segundo a AMA, a secretaria não cumpriu as promessas.

Publicidade
Genioo

Durante quase 40 anos, a AMA ajudou famílias e ofereceu serviços como musicoterapia, terapia ocupacional, psicopedagogia, entre outros, em período integral. Mesmo após o despejo, a Secretaria de Saúde continuava a encaminhar pacientes para a AMA-DF, mesmo não havendo serviços semelhantes disponíveis no Distrito Federal.

COMPARTILHAR:

Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina.

Projeto pretende criar cadastro único nacional de autistas

Araxá recebe evento sobre autismo

Publicidade
Assine a Revista Autismo
Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)