14 de outubro de 2023

Tempo de Leitura: < 1 minuto

O autismo é classificado como transtorno do neurodesenvolvimento e, por isso, indivíduos autistas podem apresentar diferenças no desenvolvimento em áreas sociocomunicativas e comportamentais.

A sensibilidade sensorial por vezes está atrelada ao diagnóstico do transtorno do espectro autista. Mas o que é sensibilidade sensorial? De forma breve, a sensibilidade sensorial é um termo usado para descrever a forma como nossos sentidos percebem e respondem a estímulos do ambiente externo, é um processo complexo que envolve a interação entre órgãos sensoriais, sistema nervoso central e o cérebro.

Publicidade
Congresso Extraordinário

Podemos entender que cada pessoa autista possui suas particularidades e comportamentos, quando nos referimos a sensibilidade sensorial, cada pessoa autista pode ou não apresentar algum tipo de sensibilidade, e isso pode implicar no ambiente de trabalho como por exemplo hipersensibilidades que é a maior sensibilidade ao estímulos sensoriais como sons altos, pessoas falando ao redor, muita claridade, telas de computadores, alguns tipos de texturas como por exemplo ter preferência por roupas de algodão ao invés de jeans, como uniformes de trabalho, ou hiposensibilidade que é a diminuição da sensibilidade aos estímulos sensoriais como por exemplo não sentir de imediato cheiro ou temperatura.

Dentro de um ambiente de trabalho como um escritório indica-se que seja oferecida a possibilidade de adaptação do local, de acordo com as necessidades de cada indivíduo, como por exemplo ambiente com luz baixa, usar fones abafadores de barulho em determinado momento, sinalização adequada, combinados para uso de uniformes que possuem texturas que o incomoda, a adaptação irá depender da necessidade da pessoa autista. O trabalho deve ser feito em conjunto com a gestão e o apoio do psicólogo, visando o desenvolvimento do profissional autista inserido na equipe.

Kathleen Mangini é psicóloga, pós-graduanda em Análise do comportamento aplicada (ABA). Atua como Especialista em Desenvolvimento Profissional na empresa Specialisterne Brasil.

COMPARTILHAR:

Detran do PR capacita profissionais para lidar com candidatos autistas

PL propõe pictograma na faixa de pedestres para ajudar autistas

Publicidade
Assine a Revista Autismo
Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)