Posts

Primeiro vereador autista do Brasil é eleito em São Paulo

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Segundo apuração da Agência Pública, 19 candidatos autistas pleitearam cargos de vereador(a) pelo Brasil nas eleições municipais de 2020. Isso foi um passo praticamente inédito na história do nosso país e no ativismo do autismo. Foram candidaturas em várias legendas de todo o espectro político, como a UP, PCdoB, PDT, PTC e PSL.

Inicialmente, nenhum dos 19 candidatos conseguiu vencer. Mas ocorreu uma exceção, em Guarulhos (SP). Jorginho Mota, do Partido Trabalhista Cristão (PTC), tinha recebido uma quantidade de votos suficientes para se eleger, mas teve problemas documentais na Justiça. Em 1 de dezembro, no entanto, sua candidatura foi deferida e ele assumirá em janeiro.

Jorginho nasceu em 1977 e já tinha sido cogitado a ser candidato a vice-prefeito no cenário político de sua cidade. Além de autista, também é pai de autista e afirma em suas redes sociais que seu diagnóstico é recente. Guarulhos, de acordo com o IBGE, tem a 13º maior população do Brasil, com quase 1,4 milhão de habitantes.

 

Candidaturas de autistas nas eleições 2020 é tema de podcast

Tempo de Leitura: < 1 minuto

O podcast Introvertendo, produzido por autistas e dedicado a discutir autismo, lançou nesta sexta-feira (22) o seu 140º episódio, chamado “Autistas na Política”. O conteúdo foi apresentado por Tiago Abreu, jornalista e autista, e contou com as participações do ativista e pesquisador Willian Chimura e do advogado Engels Bandeira, também autistas.

“Autistas na Política” teve como pressuposto candidaturas nas eleições de 2020 por autistas que ocorreram em diferentes locais do Brasil e por diferentes legendas. O contexto eleitoral, inclusive, pode levar o Brasil a ter, pela primeira vez em sua história, vereadores autistas.

Acerca desse fenômeno, Chimura acredita que o sistema político, em seus moldes atuais, não é inclusivo para autistas. “Nós estamos falando de uma pessoa que necessariamente vai precisar se relacionar com o público, que vai precisar defender os interesses da população e negociar com com outras pessoas, com seus pares. E eu imagino que a forma atípica de se expressar, compreender alguma coisa, de usar algum termo de uma forma um pouco atípica pode até acabar criando alguma tensão que nunca foi a intenção realmente dessa pessoa autista”, afirmou.

O advogado Engels Bandeira, convidado do episódio, afirmou que defende cotas para pessoas com deficiência na política. “A luta pelos direitos das pessoas autistas é uma luta da comunidade toda em geral. É uma luta das associações, das pessoas autistas, pais, dos familiares. Não é uma luta de A, B, ou C, não podemos personificar essa luta jamais”, disse ele, em referência ao interesse público sobre a temática do autismo.

O episódio está disponível para audição em diferentes plataformas, como o Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts e CastBox, ou no player abaixo. O Introvertendo também possui transcrição de seus episódios e uma ferramenta em Libras, acessível para pessoas com deficiência auditiva.

Dia do Orgulho Autista 2016 lembrou desafio da inclusão

Tempo de Leitura: < 1 minutoCelebrado todo 18 de junho, o Dia do Orgulho Autista foi comemorado neste ano em sessão solene na Câmara Legislativa do Distrito Federal na sexta-feira 17.junho.2016. A solenidade reuniu familiares, pessoas com autismo, educadores e militantes numa celebração cuja mensagem principal foi a da necessidade de inclusão. Implementação dos direitos previstos em leis e preparação das escolas estão entre os desafios.

Veja o texto original completo no site da Câmara Legislativa do Distrito Federal— em http://www.cl.df.gov.br/ultimas-noticias/-/asset_publisher/IT0h/content/dia-do-orgulho-autista-lembra-desafio-da-inclusao;jsessionid=C336B1E042AE0EF002A6759CA8ED6136.liferay1?redirect=http%3A%2F%2Fwww.cl.df.gov.br%2Fultimas-noticias