Arquivo para Tag: Maurício de Sousa

Live ‘Autismo em quadrinhos e os desafios da infância à vida adulta’ conta com Mauricio de Sousa

Tempo de Leitura: 3 minutos

Fiesp é a organizadora do evento online. Na ocasião, será lançado guia de dicas de atividades para as crianças, especialmente as autistas, fazerem em casa.

O desenhista Mauricio de Sousa estará, no próximo dia 29 de abril, às 17 horas, num bate-papo descontraído sobre o autismo e a necessidade de maior conscientização sobre o tema, em evento organizado pela Fiesp com o apoio do Instituto Mauricio de Sousa. As inscrições podem ser feitas pelo link: http://bit.ly/InscricaoFiespAutismo

Mauricio é o criador do André, personagem autista da Turma da Mônica que nos possibilita compreender, de forma lúdica e carinhosa, o universo das pessoas com autismo.

Atividades para as crianças, especialmente as autistas, fazerem em casa — Instituto Mauricio de Sousa e Revista Autismo

Durante a live, será lançado o guia “Dicas de atividades para as crianças, em especial as autistas, fazerem em casa”, que foi realizado em parceria com Instituto Mauricio de Sousa e Revista Autismo, dicas de atividades do Centro Neuro Days e patrocínio da Academia do Autismo.

O jornalista e cofundador da Revista Autismo, Francisco Paiva Junior, que publica uma HQ do André, exclusiva, em toda edição, também participará da live. Nicolas Brito Sales, de 22 anos, autista que atua como fotografo e palestrante, também integra a lista de convidados do encontro e contará sobre suas experiências e desafios.

O médico neurologista, Sidarta Zuanon, do Espaço Saúde do Sesi-SP e Senai-SP, e a psicóloga e jornalista Andrea Bezerra de Albuquerque, responsável pela área de diversidade e inclusão do RH do Sesi-SP e Senai-SP, estarão presentes.

“O nosso personagem André nos deixa muito felizes por estar, cada vez mais, ganhando reconhecimento e contribuindo para levar essa representatividade à comunidade autista. E também informações corretas que ajudam as famílias a apoiar o pleno desenvolvimento das crianças que fazem parte do Transtorno do Espectro do Autismo. Esse guia é um exemplo das ações com o personagem com esse objetivo”, comenta Mauricio de Sousa.

Saiba mais

Fiesp A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo é a maior entidade de classe da indústria brasileira, representando hoje cerca de 130 mil indústrias de diversos setores, de todos os portes e das mais diferentes cadeias produtivas, dentre elas está o Comitê da Cadeia Produtiva de Saúde (ComSaude) que junto com o Espaço Saúde do SESI SENAI SP, vêm promovendo ao longo desses dois últimos anos LIVES de educação para a saúde e prevenção de doenças, sempre em parceria com especialistas no assunto, para que o público em geral tenha acesso fácil e gratuito a conteúdos com informações precisas, mais conhecimento sobre temas específicos e orientações que possam contribuir na qualidade de vida da população. 

Instituto Mauricio de Sousa (IMS) – Fundado nos anos 90, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos que, por meio de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.

Revista Autismo – Publicação gratuita, impressa e digital, a Revista Autismo (fundada em 2010) é a primeira revista periódica da América Latina sobre o assunto, além de ser a primeira, do mundo, em língua portuguesa. Com edições trimestrais, a revista está com site novo: o CanalAutismo.com.br

Centro de Avaliação Neuro Days é uma entidade que realiza avaliações neuropsicológicas e psicológicas por valores sociais baseados em questionário socioeconômico com o objetivo de democratizar esse exame tão importante e que por vezes não é acessível para as famílias mais carentes.

Academia do Autismo é uma instituição fundada em 2016 especializada no ensino à distância na área do Transtorno do Espectro Autista, com mais de 20 mil alunos formados, e que visa ser um porto seguro de conhecimento.

Vídeo da Live

[Atualizado em 10/05/2021 com o vídeo da live]

Bienal Virtual do Livro de SP terá Mauricio de Sousa falando de personagens com deficiência

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Live terá também a participação de representantes da Casa Hunter, Sarepta e Revista Autismo

No dia 10 de dezembro de 2020, às 15h00, acontece uma live com tema muito importante na Bienal Virtual do Livro de São Paulo: diversão e inclusão – a importância dos personagens com deficiência nas histórias infantis. Para um tema como esse, ninguém mais indicado que o pai da Turma da Mônica, o desenhista Mauricio de Sousa. Além dele, participarão também Antoine Daher, presidente da Casa Hunter, e Fábio Ivankovich, diretor da Sarepta Brasil. Quem media o debate é o jornalista Francisco Paiva Junior, editor-chefe da Revista Autismo.

Dividida em quatro setores virtuais, o live acontece na “Conexão Turma da Mônica” com participação gratuita. O debate deve girar em torno do tema inclusão e diversidade, além dos diversos personagens com deficiência da Turma da Mônica, como Luca (cadeirante), André (autista), Tati (com Síndrome de Down), Edu (com Distrofia Muscular de Duchenne) entre outros.

Live: Diversão e inclusão – a importância dos personagens PcD nas histórias infantis
Quando: 10 de dezembro às 15h00 (horário de Brasília)
Duração: 1 hora
Onde:  Espaço Infantil Turma da Mônica na 1ª Bienal Virtual do Livro de São Paulo

Por menino autista, Mauricio de Sousa participa de aula em escola pública

Tempo de Leitura: 3 minutos

Em aula online no Dia do Profissional de Educação, participação especial foi motivada pelo hiperfoco de um aluno autista pela Turma da Mônica

Já pensou se, quando os estudantes lessem um texto da Turma da Mônica na escola, o próprio Mauricio de Sousa pudesse aparecer na sala de aula para tirar todas as dúvidas dos alunos? Pois foi isso que aconteceu na EMEB “Dr. Vicente Zammite Mammana”, escola pública de São Bernardo do Campo (SP), na tarde desta quinta-feira, 6 de agosto de 2020, Dia do Profissional da Educação. E o motivo — além de homenagear todos os professores e demais profissionais da área em todo o país pelo seu dia — foi o hiperfoco de um aluno com autismo, Lorenzo Mello, pelos gibis da Turma da Mônica.

No 2º ano C, a professora Vânia Aparecida Barbosa sempre pede para os alunos trazerem textos e lerem para toda a classe. Lorenzo, de 7 anos, sempre trazia um gibi da turminha para ler uma história para os colegas. Percebendo esse grande interesse do menino, a professora começou a buscar e produzir material didático usando a Turma da Mônica como tema e aumentando o engajamento do aluno com autismo nas tarefas. E por que não chamar o próprio Mauricio de Sousa para uma aula? Foi o que aconteceu, o pai da turminha apareceu na aula online e deixou todos os alunos extremamente eufóricos, ainda mais Lorenzo, fã do Cebolinha e do Franjinha. A primeira coisa que o garoto quis saber foi: “Por que o Cebolinha cria seus ‘planos infalíveis’?”, imediatamente respondido por Mauricio, com muito bom humor.

Foi uma aula online, como tem sido durante pandemia de Covid-19, reunindo duas classes, o 2º ano B e C, com as professoras Vânia e Angélica R. A. Moderoso. E, de repente, quem estava lá? O próprio Mauricio, que pacientemente respondeu todas as dúvidas da classe — desde o porquê do Cascão não gostar de tomar banho, até as inspirações para a criação de diversos personagens. As perguntas foram tantas que a criançada até convenceu Mauricio de buscar seu cachorro, Bidu (o da vida real), para mostrar a todos. Com toda paciência e carinho, o mais importante desenhista do país trouxe o cãozinho no colo, para delírio da molecada.

Por menino autista, Mauricio de Sousa participa de aula em escola pública — Revista Autismo
Lorenzo, de 7 anos, fã da Turma da Mônica.

Diagnóstico aos 3 anos

Lorenzo foi diagnosticado com autismo aos 3 anos de idade, numa suspeita que surgiu oito meses antes. “O Lorenzo sempre gostou da Turma da Mônica, mas esse laço se estreitou ainda mais depois que ele foi alfabetizado, no ano passado. A leitura aproximou-o muito mais. Embora a gente sempre incentive para que ele explore outros gêneros, o que ele ama mesmo são os quadrinhos da Turma”, relembrou Thays Mello, mãe do Lorenzo. “É muito gratificante saber que a professora Vânia fez questão de dar aula pro meu filho”, agradeceu o pai, Celso Mello. Na escola, Lorenzo é um dos melhores de língua portuguesa e leitura, e tem mais dificuldades em matemática. “A gente busca caminhos para encontrar o Lorenzo nessa estrada e trazê-lo para a aprendizagem, pois ele é bem esperto. Mas precisamos do foco, e a Turma da Mônica ajuda muito o Lorenzo nisso”, explicou a professora Vânia.

Para o filho não ficar tão ansioso, os pais guardaram segredo sobre a participação especial na aula. “Se eu contasse, ele nem dormiria de tanta ansiedade”, contou a mãe. Para o “plano infalível” da professora dar certo, nenhum aluno podia saber que o pai da Mônica participaria da aula. “Foi uma surpresa para todos!”, revelou a professora. A ideia, porém, veio de fora da classe: “Graças à minha filha que teve a ideia e fez contato com Mauricio de Sousa foi possível vivenciarmos esse dia inesquecível na nossa escola, ainda que online”, comemorou Vânia.

Uma curiosidade: a escola tem o apelido carinhoso de “Cebolinha”, porque foi o nome escolhido, há muitos anos, pelos alunos mais novos, para o time, durante a realização dos jogos escolares.

A convite de Mauricio de Sousa, a Revista Autismo participou da aula online. Em toda edição da Revista Autismo é publicada uma história em quadrinhos exclusiva com o André, o personagem autista da Turma da Mônica — graças a parceria com o Instituto Mauricio de Sousa —, com o objetivo de explicar, de maneira lúdica, aspectos do autismo, como o próprio hiperfoco e incluí-lo nas histórias da turminha. As HQs estão disponíveis na versão impressa, de distribuição gratuita, e também na edição online, no site canalautismo.com.br.

Assista ao vídeo da participação de Mauricio de Sousa na aula online:

https://youtu.be/YSUx0vrU1B0