Posts

Médica diz que autismo está ‘na moda’ em live e recebe críticas

Tempo de Leitura: 2 minutosA Associação de Pais e Amigos do Autista de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, promoveu uma live comemorativa de seus 31 anos de existência na última segunda-feira (26). Para a transmissão no Instagram, foi convidada a médica Maria Eulina Quilião. No entanto, a conversa acabou se tornando uma polêmica por um trecho em que Quilião afirmava que o autismo está “na moda”.

“Surgiu uma entrevista: ‘olha, eu sou jornalista, eu tenho dois filhos, casada e sou autista’. Não é real, ela não é autista, isso é impossível, tá? Tá na moda, né? Autistas não são funcionais. Se são funcionais, não são autistas”, disse a médica.

O trecho específico foi compartilhado por vários perfis e recebeu críticas de autistas, familiares e profissionais. O designer Fábio Sousa, autista e pai de autista, disse que “Quem está certo nessa história: uma profissional que divulga mentiras ou centenas ou milhares de profissionais que dedicam anos de estudo e suas carreiras a entender, diagnosticar e cuidar de nós autistas?”, questionou.

A escritora Michelle Malab, também autista e mãe, fez críticas ao posicionamento da organização. “É triste ver a entrevistadora também validar a fala da tal profissional com risinhos e sinal de concordância com a cabeça. Estão todos errados”, lamentou.

O pesquisador Lucelmo Lacerda comentou o ocorrido, afirmando que o argumento de Maria Eulina estaria embasado numa noção de autismo anterior ao DSM-V, de 2013. “Uma coisa que eu tomo muito cuidado é de me posicionar em relação às outras pessoas. É muito difícil você dizer quem é e quem não é uma pessoa com autismo porque uma coisa é o que você está vendo aqui. Outra coisa muito diferente é o dia a dia”, refletiu.

Em resposta às críticas, a AMA de Campo Grande publicou uma nota de esclarecimento. “Convidamos para esse momento de celebração a Dra. Maria Eulina e, devido repercussão da live, pedimos desculpas por qualquer desconforto causado”, constou um trecho do texto.

Live ‘Autismo em quadrinhos e os desafios da infância à vida adulta’ conta com Mauricio de Sousa

Tempo de Leitura: 3 minutos

Fiesp é a organizadora do evento online. Na ocasião, será lançado guia de dicas de atividades para as crianças, especialmente as autistas, fazerem em casa.

O desenhista Mauricio de Sousa estará, no próximo dia 29 de abril, às 17 horas, num bate-papo descontraído sobre o autismo e a necessidade de maior conscientização sobre o tema, em evento organizado pela Fiesp com o apoio do Instituto Mauricio de Sousa. As inscrições podem ser feitas pelo link: http://bit.ly/InscricaoFiespAutismo

Mauricio é o criador do André, personagem autista da Turma da Mônica que nos possibilita compreender, de forma lúdica e carinhosa, o universo das pessoas com autismo.

Atividades para as crianças, especialmente as autistas, fazerem em casa — Instituto Mauricio de Sousa e Revista Autismo

Durante a live, será lançado o guia “Dicas de atividades para as crianças, em especial as autistas, fazerem em casa”, que foi realizado em parceria com Instituto Mauricio de Sousa e Revista Autismo, dicas de atividades do Centro Neuro Days e patrocínio da Academia do Autismo.

O jornalista e cofundador da Revista Autismo, Francisco Paiva Junior, que publica uma HQ do André, exclusiva, em toda edição, também participará da live. Nicolas Brito Sales, de 22 anos, autista que atua como fotografo e palestrante, também integra a lista de convidados do encontro e contará sobre suas experiências e desafios.

O médico neurologista, Sidarta Zuanon, do Espaço Saúde do Sesi-SP e Senai-SP, e a psicóloga e jornalista Andrea Bezerra de Albuquerque, responsável pela área de diversidade e inclusão do RH do Sesi-SP e Senai-SP, estarão presentes.

“O nosso personagem André nos deixa muito felizes por estar, cada vez mais, ganhando reconhecimento e contribuindo para levar essa representatividade à comunidade autista. E também informações corretas que ajudam as famílias a apoiar o pleno desenvolvimento das crianças que fazem parte do Transtorno do Espectro do Autismo. Esse guia é um exemplo das ações com o personagem com esse objetivo”, comenta Mauricio de Sousa.

Saiba mais

Fiesp A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo é a maior entidade de classe da indústria brasileira, representando hoje cerca de 130 mil indústrias de diversos setores, de todos os portes e das mais diferentes cadeias produtivas, dentre elas está o Comitê da Cadeia Produtiva de Saúde (ComSaude) que junto com o Espaço Saúde do SESI SENAI SP, vêm promovendo ao longo desses dois últimos anos LIVES de educação para a saúde e prevenção de doenças, sempre em parceria com especialistas no assunto, para que o público em geral tenha acesso fácil e gratuito a conteúdos com informações precisas, mais conhecimento sobre temas específicos e orientações que possam contribuir na qualidade de vida da população. 

Instituto Mauricio de Sousa (IMS) – Fundado nos anos 90, o IMS realiza projetos, campanhas e ações sociais focados na construção de conteúdos que, por meio de uma linguagem clara e lúdica, estimulam o desenvolvimento humano, a inclusão social, o incentivo à leitura, o respeito entre as diferenças, a formação de cidadãos conscientes e conhecedores de seus deveres e direitos.

Revista Autismo – Publicação gratuita, impressa e digital, a Revista Autismo (fundada em 2010) é a primeira revista periódica da América Latina sobre o assunto, além de ser a primeira, do mundo, em língua portuguesa. Com edições trimestrais, a revista está com site novo: o CanalAutismo.com.br

Centro de Avaliação Neuro Days é uma entidade que realiza avaliações neuropsicológicas e psicológicas por valores sociais baseados em questionário socioeconômico com o objetivo de democratizar esse exame tão importante e que por vezes não é acessível para as famílias mais carentes.

Academia do Autismo é uma instituição fundada em 2016 especializada no ensino à distância na área do Transtorno do Espectro Autista, com mais de 20 mil alunos formados, e que visa ser um porto seguro de conhecimento.

Vídeo da Live

[Atualizado em 10/05/2021 com o vídeo da live]

Bienal Virtual do Livro de SP terá Mauricio de Sousa falando de personagens com deficiência

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Live terá também a participação de representantes da Casa Hunter, Sarepta e Revista Autismo

No dia 10 de dezembro de 2020, às 15h00, acontece uma live com tema muito importante na Bienal Virtual do Livro de São Paulo: diversão e inclusão – a importância dos personagens com deficiência nas histórias infantis. Para um tema como esse, ninguém mais indicado que o pai da Turma da Mônica, o desenhista Mauricio de Sousa. Além dele, participarão também Antoine Daher, presidente da Casa Hunter, e Fábio Ivankovich, diretor da Sarepta Brasil. Quem media o debate é o jornalista Francisco Paiva Junior, editor-chefe da Revista Autismo.

Dividida em quatro setores virtuais, o live acontece na “Conexão Turma da Mônica” com participação gratuita. O debate deve girar em torno do tema inclusão e diversidade, além dos diversos personagens com deficiência da Turma da Mônica, como Luca (cadeirante), André (autista), Tati (com Síndrome de Down), Edu (com Distrofia Muscular de Duchenne) entre outros.

Live: Diversão e inclusão – a importância dos personagens PcD nas histórias infantis
Quando: 10 de dezembro às 15h00 (horário de Brasília)
Duração: 1 hora
Onde:  Espaço Infantil Turma da Mônica na 1ª Bienal Virtual do Livro de São Paulo

Revista Autismo mostrada na live do Instituto Farol com Mônica Sousa

Instituto Farol faz live com Mônica para falar de personagens com deficiência

Tempo de Leitura: 2 minutos

Com a simpatia de sempre, Mônica Sousa (quem inspirou o pai, Mauricio, a criar a mais famosa personagem de HQ do Brasil) participou de live com Thiago Lopes, do Instituto Farol, nesta quinta-feira, 1.set.2020. O tema foi “Personagens e Inclusão: A experiência da Turma da Mônica divertindo e ensinando” e, claro, com destaque para o André, o integrante autista da Turminha.

Live do Instituto Farol com Mônica Sousa — Revista Autismo

Num papo bem descontraído, Mônica relembrou a criação da sua personagem, e os primeiros anos da Mauricio de Sousa Produções (MSP). O assunto principal, porém, girou em torno da representação de pessoas com deficiência (PcD) entre os personagens da Turma. O foco principal (e não poderia ser diferente!) foi o André, o personagem autista da Turma da Mônica, citando, inclusive, a parceria do Instituto Mauricio de Sousa (IMS) com o Canal Autismo.

Ao falar da situação enfrentada pelas famílias durante a pandemia de Covid-19, Mônica lembrou das dicas que publicamos junto com o IMS, com ideias de atividades para crianças autistas durante o isolamento social.

Outro assunto foi o roteirista autista da MSP, Rodrigo Tramonte, que está na sessão “Espectro Artista” desta edição (nº 10) da Revista Autismo, destacando justamente seu trabalho nos HQs da Turma, mostrando o roteiro que ele fez do André para a revista da Magali nº 65 (setembro/2020).

A live ficou salva no canal do Youtube do Instituto Farol e pode ser assistida a seguir:

https://www.youtube.com/watch?v=eq3Sy8mPlHg