16 de setembro de 2022

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Glauco Ferreira é pastor, teólogo e pai de Asafe, um menino autista de 12 anos. Atualmente, além de atuar como palestrante, promove o projeto Autismo na Igreja, que aborda a questão do autismo e acessibilidade no meio evangélico.

Em entrevista a Revista Comunhão, ele afirmou que o autismo e demais deficiências ainda são vistas como algo errado. “A primeira coisa que precisamos entender é que deficiência não está relacionada a pecado ou maldição. Infelizmente vivemos um tempo em que ainda muitas pessoas demonizam a deficiência, demonizam o autismo como se fosse resultado de pecado. Isso é resultado de falta de leitura da Palavra, pois a Bíblia fala de deficiência desde o antigo testamento”, disse ele.

Publicidade
Matraquinha

Glauco também defendeu que toda a igreja deve estar engajada na inclusão de pessoas autistas. “Falar de inclusão na igreja é falar de protagonismo, não apenas para o autista, mas para todas as deficiências. É dar oportunidade para que o evangelho seja tão vivo nelas como nas outras pessoas, e a única forma de fazer isso é por meio da inclusão”, afirmou.

COMPARTILHAR:

Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina.

B3 inclui PcD em quesitos de ESG para órgãos decisórios, mas deixa de fora de RH

Eu Digo X: ‘Incentivar a leitura é fundamental no aprendizado da criança com síndrome do X Frágil’

Publicidade
Assine a Revista Autismo
Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)