Por

Redação da Revista Autismo

Revista Autismo destaca o trabalho de inclusão de Mauricio de Sousa

2 de setembro de 2019Revista Autismo destaca o trabalho de inclusão de Mauricio de SousaCapa da edição nº 6 da Revista Autismo.

Tempo de Leitura: 2 minutos

Capa de setembro tem Mauricio de mãos dadas com André, personagem autista, em seus estúdios

A edição de setembro da Revista Autismo, publicação gratuita, impressa e digital,
especializada no Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), destaca a inclusão e
o acolhimento da Turma da Mônica, não só dentro das histórias, mas também
dentro dos Estúdios da Mauricio de Sousa Produções (MSP).

Academia do Autismo

Com capa produzida pelos desenhistas da MSP — em que Mauricio de Sousa
aparece de mãos dadas com André, o personagem autista da Turma da Mônica —
, a reportagem principal mostra um dia especial para fãs autistas, que foram
convidados a conhecer os Estúdios da MSP em São Paulo (SP). “Acompanhei a
visita e foi incrível! Pude ver, por dentro e nos bastidores, o quão inclusivo eles
são, assim como as histórias que publicam. Sabe aquele ambiente que não tem
valores que aparecem só no marketing da empresa? Então, é lá”, relatou o
jornalista Francisco Paiva Junior, editor-chefe da Revista Autismo.

Outro destaque é a história em quadrinhos do André, que aparece, desde
fevereiro, quando o Instituto Mauricio de Sousa fez parceria com a Revista
Autismo, em histórias exclusivas em toda edição da publicação. No número de
setembro, André estrela o que o editor chamou de “a mais inclusiva de todas
histórias”. Com seu “sincericídio”, ele deixa a Mônica muito brava. E como criança
tem que ser criança — independente de ter autismo ou não —, ela sai correndo
atrás do André, furiosa, girando seu famoso coelhinho. “Claro que ela não vai
bater no André, mas é importante o autismo aparecer nas histórias de forma
natural, como acontece no dia a dia com meu filho, por exemplo. Não apenas nas
importantes cartilhas educativas ou informativos sobre o transtorno. “O autismo é
só mais uma das características do André e do meu filho. Eles não são o
autismo!”, disse Paiva, que tem um filho com autismo, Giovani, de 12 anos.

A revista, que é totalmente gratuita, pode ser retirada numa das mais de 60 cidades em que há a distribuição, em todos os estados do Brasil, ou é possível baixar em arquivo digital com 100% do conteúdo no site RevistaAutismo.com.br. Outra forma de conseguir a revista impressa é fazer assinatura (em Assine.RevistaAutismo.com.br) e recebê-la pelo correio, pagando-se apenas o frete. Todas as informações estão no site ou nas redes sociais da publicação.

André e a Turma da Mônica em: Sincericídio — Revista Autismo
O André, o personagem autista da Turma da Mônica, aparece nesta edição da #RevistaAutismo na mais inclusiva de todas histórias. Com seu “sincericídio”, ele deixa a Mônica muito brava. E como criança tem que ser criança — independente de ter autismo ou não —, ela sai correndo atrás do #André, furiosa, girando seu famoso coelhinho. Claro que ela não vai bater no André, mas é importante o autismo aparecer nas histórias de forma natural, como acontece no dia a dia com meu filho, por exemplo. Não apenas nas importantes cartilhas educativas ou informativos sobre o transtorno. O autismo é só mais uma das características do André e do meu filho. Eles não são o autismo! (Francisco Paiva Junior)

Compartilhe

Comentários

'Nosso objetivo é prevenir questões de abuso', diz Raquel Del Monde sobre educação sexual de autistas — Canal Autismo / Revista AutismoReprodução / TV Globo
Ativista no autismo, “ser ou não ser…”

Ativista no autismo, “ser ou não ser…”

/
Por Selma Sueli Silva
Ativista no Autismo, “ser ou não ser, eis a questão.” A…