Por

Francisco Paiva Jr.

Editor-chefe da Revista Autismo, jornalista, empreendedor.

Facebook de Francisco Paiva Jr.Linkedin de Francisco Paiva Jr.Twitter de Francisco Paiva Jr.Instagram de Francisco Paiva Jr.Canal no Youtube de Francisco Paiva Jr.

Brasil terá pesquisas sobre autismo

18 de setembro de 2020

Tempo de Leitura: 2 minutos

Dois questionários trarão informação: instrumento importante para cobrar políticas públicas para o autismo

 

Academia do Autismo

>> Responda a pesquisa para cuidadores de crianças com autismo (prorrogada até 25.nov.2020)

>> Responda a pesquisa da OMS para autistas e suas famílias (encerrada 03.out.)

Duas importantes pesquisas estão sendo realizadas para obter informação a respeito de autismo no cenário brasileiro. São iniciativas como estas que nos darão informação, a principal via para lutarmos por mais políticas públicas que beneficiem as pessoas com autismo no país. Exigir medidas do poder público — em todas as esferas: federal, estadual e municipal — sem dados atualizados (ou pior: sem informação alguma!) é estar suscetível a receber das autoridades um “não” disfarçado de protelação, como um “Claro! Vamos estudar o assunto” e cair no esquecimento.

 

 

Por isso é preciso aproveitar a oportunidade e, não só responder a estas pesquisas agora mesmo — pois o prazo é até dia 3.out.2020 —, como também divulgá-las , nas redes sociais, por email e até mesmo procurando aquele vizinho que não tem conexão com a internet, para ajudá-lo, incentivando-o a responder em nosso próprio celular.

A primeira é da Organização Mundial da Saúde (OMS) em parceria com o Instituto Ico Project (Curitiba, PR) e da UFPR, abordando informações sociodemográficas com a participação do Brasil pela primeira vez, juntando-se a mais de 50 países. (encerrada em 3.out.2020)

A outra é da Genial Care em parceria com a Revista Autismo, com foco nos cuidadores de crianças com autismo. Ambas são importantes e terão seus resultados divulgados em nossas edições futuras. A seguir, links para os artigos com detalhes a respeito das duas pesquisas (links para responder as pesquisas acima) — disponíveis a todos.

Leia também

Links para as pesquisas

>> Responda a pesquisa para cuidadores de crianças com autismo (prorrogada até 31.out.2020)

>> Responda a pesquisa da OMS para autistas e suas famílias (encerrada em 03.out.2020)

Compartilhe

Comentários

Maior parque aquático do país inaugura atividades com acessibilidade para autistas — Canal Autismo / Revista Autismo
Autismo feminino e superdotação: sobre-excitabilidade — Canal Autismo / Revista Autismo

Autismo feminino e superdotação: sobre-excitabilidade

/
Por ONDA-Autismo
A superexcitabilidade, que também pode ser chamada de hiperexcitabilidade,…