Por

Francisco Paiva Jr.

"Editor-chefe da Revista Autismo, jornalista, empreendedor."

Facebook AutorLinkedin AutorTwitter AutorInstagram AutorYoutube Autor

Espectro Artista: Fernando Pavone

3 de setembro de 2021

Tempo de Leitura: 2 minutosOs pais de Fernando Pavone Cinelli desconfiaram de algo fora do padrão no desenvolvimento do garoto, com três anos e meio de idade,  e o levaram a um neuropediatra. Apesar de não fechar um diagnóstico, o tratamento foi iniciado com profissionais da psicologia, fonoaudiologia e psicopedagogia. O diagnóstico fechado veio somente entre os seis e sete anos de idade.

Academia do Autismo

Nascido em 2001, Fernando atualmente faz aulas de canto, de MPB, de sertanejo, violão, bateria e saxofone, de inglês e ginástica, além de tratamento com uma psicóloga e uma psicopedagoga.

O interesse pela música veio aos 9 anos. O pai, Edison, tocou a música “Frevo mulher”, da Amelinha, no violão, e Fernando lhe disse: “Pai, eu sei cantar essa música”. Daí pra frente, o garoto mergulhou no mundo da música, inspirando-se no pai e no irmão que também toca violão.

Uma cantora chamada Tânia Cruz deu o microfone para ele cantar numa churrascaria e logo isso virou um hábito. Depois a dupla Raul e Renan começou a convidá-lo para cantar em pequenos eventos, em aniversários e bares.

“Quando se apresentou pela primeira vez, ele cantou de lado, virou de costas para o público e eu quase infartando na plateia”, contou o pai, com muito bom humor, relembrando a primeira apresentação do filho, então com 13 anos, no restaurante Florestal, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Em 2015 ele abriu o show do cantor sertanejo Daniel, em Bertioga, litoral de SP. Em 2019, em Caieiras (SP), com a dupla Rubens e Ruan (que o inclui em vários shows), abriu o show de Gustavo Lima. A veterana dupla sertaneja Roberto e Mineirinho também inclui Pavone em inúmeras de suas apresentações.

Antes da pandemia, Pavone se apresentava em diversos eventos e agora está ansioso para voltar aos palcos. Atualmente, o cantor Vanilli Villi o tem ajudado em um projeto musical.

“A música mudou completamente minha vida”, afirma Fernando Pavone, que tem na música seu hiperfoco e fica muito feliz ao se apresentar para uma plateia “seja do tamanho que for”.

Para quem quiser conhecer o trabalho artístico de Fernando Pavone, abaixo estão as redes sociais e o canal do Youtube do cantor.

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCFptbQraws3fXARiGSvhNEA

Instagram: @pavonecinelli

Compartilhe

Comentários

Fique por dentro das últimas notícias!
Assine a nossa News.

Autistas discutem em podcast o fim do diagnóstico de Síndrome de Asperger — Canal Autismo / Revista AutismoReprodução / Introvertendo

Autistas discutem em podcast o fim do diagnóstico de Síndrome de Asperger

/
Por Redação do Canal Autismo
O podcast Introvertendo, produzido por autistas adultos e com…
Carteira de identificação de autistas é lançada em Rondônia— Canal Autismo / Revista AutismoReprodução / Governo de Rondônia

Carteira de identificação de autistas é lançada em Rondônia

/
Por Redação do Canal Autismo
O governo do estado de Rondônia lançou, nesta terça-feira…
Não sabia que minha filha era autista. E nem eu — Canal Autismo / Revista Autismo

Não sabia que minha filha era autista. E nem eu

/
Por Selma Sueli Silva
Ainda hoje, eu consigo rir de mim mesma quando olho para trás.…