Por

Francisco Paiva Jr.

Editor-chefe da Revista Autismo, jornalista, empreendedor.

Facebook de Francisco Paiva Jr.Linkedin de Francisco Paiva Jr.Twitter de Francisco Paiva Jr.Instagram de Francisco Paiva Jr.Canal no Youtube de Francisco Paiva Jr.

Clínica Diversamente cede espaço para Instituto Rafa em SP

3 de agosto de 2022Clínica Diversamente sede espaço para ONG Instituto Rafa em SP — Canal Autismo / Revista AutismoInstituto RafaLucas Figueiredo, da clínica Diversamente, e Márcia Pacheco, do Instituto Rafa.

Tempo de Leitura: 2 minutos

Apoio da iniciativa privada com um olhar social faz projeto de ONG se expandir

Graças a uma parceria oferecida pela clínica Diversamente, em Moema (bairro de SP, capital), a ONG Instituto Rafa passou a ter um local físico para desenvolver algumas atividades e reuniões. A iniciativa supre uma necessidade da ONG, que ainda não tem uma sede, apesar de já atender quase 250 pessoas, com mais de três anos de atuação.

Publicidade
Academia do Autismo

“A ONG fornece um acolhimento, psicoterapia e orientação para as pessoas, o que entendo ser algo muito importante. Por isso apoiamos o projeto sempre que podemos”, argumentou o professor Lucas Figueiredo, diretor da clínica Diversamente.

Com o nome completo de Instituto de Reabilitação e Apoio às Famílias de Autistas, o Instituto Rafa atua na capital paulista desde junho de 2019 , criado pela psicopedagoga Márcia Lino Pacheco, que também é mãe de autista. Atualmente atendendo 83 mães, 86 filhos, 51 irmãos menores de 15 anos e 26 irmãos maiores de 15 anos, o Instituto Rafa tem o objetivo de acolher mães de autistas em vulnerabilidade social, principalmente com baixa renda, para que tenham mais autonomia. “Fazemos esse trabalho para a mãe ter um espaço dela e mais liberdade, inclusive financeira. Muitas são mães solo e não têm com quem deixar seu filho autista”, conta Márcia, que é a presidente da ONG e graduada em pedagogia, além de pós-graduada em educação inclusiva e psicopedagogia clínica e institucional e pós-graduando em psicomotricidade.

Cuidar de quem cuida

O Instituto realiza oficinas com treinamentos que visam a geração de renda, como artes, culinária, diversos tipos de artesanatos, manicure, entre outros, além de oferecer atendimento psicológico para essas mães. “Temos psicólogos formados e estudantes de psicologia, todos voluntários, que atendem essas pessoas fazendo um acompanhamento terapêutico, pois é muito importante cuidar de quem cuida. Também conseguimos distribuir cestas básicas para essas famílias e estamos tentando ampliar esse trabalho”, finalizou Márcia, que tem um filho autista de 19 anos, o Rafa — homenageado com o nome da ONG.

Os atendimentos com psicólogos acontecem online e contam com voluntários de diversas regiões do Brasil, inclusive voluntários que vieram da clínica Diversamente. Para ser voluntário, basta entrar em contato com a ONG. Os menos experientes passam por um treinamento e, para os estudantes, ainda há o benefício da emissão de certificados que contam como horas de estágio. Todos são supervisionados por psicólogos especialistas.

Instituto Rafa

A seguir seguem os contatos e redes sociais do Instituto Rafa:

Clínica Diversamente

Clínica particular no bairro de Moema, a Diversamente atende diversas pessoas com autismo e outras condições de saúde ligadas ao neurodesenvolvimento. “Há uma sinergia muito boa entre a clínica e a ONG, que resulta muitas vezes em oportunidade de trabalho. Temos pelo menos 15 profissionais, incluindo terapeutas, que são mães ou familiares de autistas. Muitos se tornaram voluntários da ONG também”, explicou Lucas Figueiredo.

O site da clínica Diversamente é: www.diversamente.net.br.

Clínica Diversamente sede espaço para ONG Instituto Rafa em SP — Canal Autismo / Revista Autismo

Marcia (à esquerda, abaixo) e parte da equipe da Diversamente que atende o Instituto Rafa com voluntariado.

Compartilhe

Tommy Hilfiger lança linha adaptada para pessoas com deficiência no Brasil — Canal Autismo / Revista AutismoReprodução / Divulgação

Tommy Hilfiger lança linha adaptada para pessoas com deficiência no Brasil

/
Por Redação do Canal Autismo
A Tommy Hilfiger, uma das marcas mais populares de roupas do…
Corinthians tem primeira torcida só de autistas: os 'Autistas Alvinegros' — Canal Autismo / Revista AutismoAutistas Alvinegros

Corinthians tem primeira torcida de autistas do Brasil: os ‘Autistas Alvinegros’

/
Por Francisco Paiva Jr.
Rafael Souza Lopes convidou Juliana Prado para executar uma uma…