17 de setembro de 2022

Tempo de Leitura: < 1 minuto

O podcast Introvertendo, produzido por autistas adultos e com diálogos sobre o autismo, lançou nesta sexta-feira (16) o seu 223º episódio, chamado “Hiperfocos Estranhos e Bizarros 2 – A diferença está no ar!”. O episódio, que é uma continuação de outro lançado em 2021, trouxe quatro autistas adultos para falar de interesses restritos que são considerados estranhos ou muito bizarros pelas pessoas.

Paulo Alarcón, que é analista de sistemas, relembrou seu interesse antigo por teorias da conspiração. Thaís Mösken gostava de catalogar objetos astronômicos. Tiago Abreu lembrava de cor a discografia do apresentador Celso Portiolli. Já Otávio Crosara afirmou que tinha um interesse desmedido por piadas de Chuck Norris. “E eu não conseguia parar porque eu achava hilário. Nossa, agora eu estou com vergonha só de lembrar”, disse ele.

Publicidade
Tismoo.me

Mas Otávio defende que a forma como o hiperfoco é exposto vai definir se ele será visto de forma positiva. “Quando a gente aprende a gostar realmente assim, a não ter vergonha dos nossos gostos, a gente fala com mais vivacidade. De forma que as pessoas param de ridicularizar e começam a admirar o jeito que você é apaixonado por aquilo”, argumentou. Já Paulo Alarcón, por sua vez, disse que certos interesses são extremos demais. “Inclusive a minha esposa que me atura o dia inteiro, ela chega uma hora que se cansa de eu falando fatos aleatórios sobre algo que eu gosto muito”, afirmou.

O episódio está disponível para ser ouvido em diferentes plataformas de podcast e streaming de música, como o Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e CastBox, ou no player abaixo. O Introvertendo também possui transcrição de seus episódios e uma ferramenta em Libras, acessível para pessoas com deficiência auditiva.

COMPARTILHAR:

Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina.

Macapá terá congresso internacional de autismo de 28 a 30 de setembro

Aprendendo sobre autistas adultos, sem julgamento

Publicidade
Assine a Revista Autismo
Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)