Por

Redação do Canal Autismo

"Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina."

Facebook AutorLinkedin AutorInstagram AutorYoutube Autor

Autistas adultos relatam dificuldades e facilidades do ensino e trabalho remoto em podcast

28 de agosto de 2021Autistas adultos relatam dificuldades e facilidades do ensino e trabalho remoto em podcast — Canal Autismo / Revista AutismoReprodução / Piqsels

Tempo de Leitura: < 1 minutoO podcast Introvertendo, produzido por autistas adultos e com conversas sobre autismo, lançou nesta sexta-feira (27) o seu 184º episódio, chamado “Autismo e Atividades à Distância”. O episódio foi conduzido pelo estudante de biomedicina Luca Nolasco, o estudante de medicina Otávio Crosara e o analista de sistemas Paulo Alarcón, todos autistas, e traz relatos de experiência sobre atividades remotas de ensino e trabalho contextualizado ao autismo.

Luca foi diretamente afetado no seu curso de graduação, e afirmou que não se adaptou bem ao regime remoto. “Todo esse choque pra mim foi muito desgastante emocionalmente. Isso foi o pontapé final para eu de fato entrar na espiral de depressão. Eu tive que trancar meu curso, eu estava bem ruim e tirei o semestre inteiro pra fazer terapia, pra tomar remédio, pra melhorar e agora eu tô bem”, disse ele.

Paulo Alarcón, por sua vez, ingressou num trabalho totalmente remoto e, sem gastar o tempo de deslocamento, começou um doutorado. “Apesar de não ser um curso realmente focado no ensino à distância, tem sido pelo menos pra mim benéfico. Essa transição entre trabalho e estudo ficou muito mais rápido do que ter que atravessar a cidade para ir de um pro outro ou no caso da empresa que eu trabalho, que é sediada em São Paulo capital. A instituição onde eu faço doutorado fica em São José dos Campos, então seria um deslocamento muito maior (risos)”, contou.

O episódio está disponível para ser ouvido em diferentes plataformas de podcast e streaming de música, como o Spotify, Deezer, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e CastBox, ou no player abaixo. O Introvertendo também possui transcrição de seus episódios e uma ferramenta em Libras, acessível para pessoas com deficiência auditiva.

Compartilhe

Comentários

Grupo Método

Fique por dentro das últimas notícias!
Assine a nossa News.

Dia do Autistão - Revista Autismo

Dia do Autistão 2019 trará autistas de todo o Brasil ao Rio

/
Por Tiago Abreu
A Organização Diplomática do Autistão, de amplitude internacional e formada exclusivamente por autistas, promoverá em 31 de março de 2019 o evento Dia do Autistão, na cidade do Rio de Janeiro.
#esefosseseufilho — E se fosse seu filho?

#eSeFosseSeuFilho

/
Por Luiz Fernando Vianna
Muita gente dirige aos nossos filhos olhares de compaixão. Seria bem melhor que demonstrassem empatia. Pôr-se no lugar de pessoas que têm autismo ou outros transtornos é tarefa difícil para os neurotípicos, mas fundamental para quebrar a falsa barreira entre “normais” e “deficientes”. Foi na batalha por empatia que mães se uniram, em 2016, num grupo de WhatsApp, o Juntos. A rede de familiares de pessoas com deficiências cresceu e, entre outras ações, criou #eSeFosseSeuFilho. A hashtag ganhou alcance nacional a partir de 2018. Algumas das mães participaram do programa “Encontro com Fátima Bernardes”. E artistas foram convidados a gravar vídeos com relatos de quem acompanhou os filhos sendo alvos de preconceito e exclusão.

Espectro Artista

/
Por Redação da Revista Autismo
Diagnosticada com Síndrome de Asperger, a desenhista tem 29 anos, é paulistana e, desde pequena, é extremamente apaixonada por tudo relacionado aos dinossauros. Atualmente trabalhando como desenhista freelancer, Camila tem fluência em inglês, adora viajar e ir para baladas e festas. Tem formação em mergulho autônomo — tendo mergulhado em cavernas à noite em mar aberto — e não concluiu a faculdade de biologia.