Avatar

Por

Redação do Canal Autismo

"Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina."

Facebook AutorLinkedin AutorInstagram AutorYoutube Autor

Adolescentes autistas que sofrem bullying tem 2 vezes mais chances de pensar em suicídio, diz estudo

4 de junho de 2021Imagem: Prefeitura de Belo Horizonte/Reprodução

Tempo de Leitura: < 1 minutoOs pesquisadores Johnny Downs e Rachel Holden publicaram um artigo chamado “Por que é fundamental perguntar a adolescentes autistas sobre o bullying” no Spectrum News, um portal de divulgação científica sobre o autismo. O texto chama a atenção para o risco de suicídio entre pessoas diagnosticadas com o autismo, sobretudo na adolescência.

De acordo com os autores, o bullying é um dos fatores para suicídio para adolescentes de desenvolvimento típico. No caso do autismo, o estudo destacou que adolescentes autistas que sofrem bullying têm duas vezes mais chances de terem pensamentos suicidas.

“Pedimos aos médicos que lutem contra essa tendência e façam um esforço conjunto para perguntar às crianças com autismo sobre o bullying. E quando um jovem autista relata o bullying a profissionais de saúde mental, isso precisa ser levado a sério. Nossa pesquisa sugere que o bullying não apenas contribui para o risco de suicídio, mas também impacta no tratamento dos jovens”, dizem os autores do estudo.

Compartilhe

Comentários

Fique por dentro das últimas notícias!
Assine a nossa News.

MOAB — Movimento Orgulho Autista Brasil

10º Prêmio Orgulho Autista 2014/2015 revela vencedores

/
Avatar Por Redação da Revista Autismo
"Da forma como está, não há do que se orgulhar, mas todo pai…

Universidade Federal e Revista Autismo fazem bate-papo ao vivo com professores de pós-graduação

/
Avatar Por Redação da Revista Autismo
A UFSCar em parceria com a Revista Autismo realizou dia 21 de janeiro de 2014 um bate-papo ao vivo através do perfil da revista no Facebook. A proposta partiu do Laboratório de Aprendizagem Humana, Multimídia Interativa e Ensino Informatizado (Lahmiei) da universidade federal, que convidou três professores do novo curso de pós-graduação em Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo, que se inicia neste ano (2014) — Celso Goyos, Valéria Mendes e Ana Arantes.