16 de junho de 2022

Tempo de Leitura: < 1 minuto

O clube Atlético de Madrid lançou campanha contra o bullying no dia 2 de maio, o Dia Internacional Contra o Bullying. A campanha terá dois vídeos, sendo o segundo estrelado por uma garota.

No primeiro, vê-se um garoto com a camiseta do time, impedindo que um outro jovem avance na humilhação a um colega. Nas palavras do mote da campanha: “Ás vezes, os verdadeiros craques são aqueles que defendem, não os que atacam”.

Publicidade
1Pure/EndoPure

Os dados que estão na campanha são assustadores: “O bullying causa mais de 200 mil suicídios por ano em todo o mundo entre jovens de 14 a 28 anos”. Uma rede de salvamento precisa ser construída para parar esse tipo de violência que humilha, fragiliza e isola suas vítimas. As escolas precisam encarar o problema de frente e trabalhar seus jovens para que as ‘testemunhas’ possam auxiliar no processo de impedimento do bullying.

No caso de bullying em autistas, o assunto se torna ainda mais complexo e grave. Em inúmeros casos, o autista também passa a sofrer de capacitismo quando suas queixas não são consideradas ou ainda pior, voltadas para si. É muito comum ouvirmos de gestores que o bullying acontece porque fulaninho não para de chamar a atenção.

Nenhum tipo de violência pode ser justificado. A vítima nunca pode ser considerada culpada e muito menos merecedora de perseguição. A cultura do “deixa disso” precisa ser enterrada e a violência encarada de frente. O bullying deixa vítimas com hematomas psicológicos e físicos para sempre. Vamos tratar nossos jovens para lutarem contra esse fenômeno do século XX que leva tantos jovens ao suicídio.

Assista:

https://www.youtube.com/watch?v=v_CU48oo9Go

COMPARTILHAR:

É psicóloga clínica, terapeuta de família, diretora do Centro de Convivência Movimento – local de atendimento para autistas –, autora de vários artigos e capítulos de livros, membro do GT de TEA da SMPD de São Paulo e membro do Eu me Protejo (Prêmio Neide Castanha de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes 2020, na categoria Produção de Conhecimento).

Ativistas autistas participam de mesa na Câmara de Vereadores de São Paulo

Influenciadora que zombou de vaga para autistas pede desculpas

Assine a nossa Newsletter grátis
Clique aqui se você tem DISLEXIA (saiba mais aqui)