Por

Redação do Canal Autismo

"Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina."

Facebook AutorLinkedin AutorInstagram AutorYoutube Autor

‘Quando descobri o diagnóstico do meu filho, jurei que ele não seria mais uma criança escondida’, disse mãe

5 de outubro de 2021'Quando descobri o diagnóstico do meu filho, jurei que ele não seria mais uma criança escondida', disse mãe — Canal Autismo / Revista AutismoReprodução / O GloboImagem: Agência O Globo/Reprodução

Tempo de Leitura: < 1 minutoA coordenadora Laryssa Smith, ao receber o diagnóstico de autismo do filho Pedro, relembrou uma situação vivida no passado, de uma criança autista escondida.

“Fui à casa de alguém conhecido e ouvi, de um quarto, uma criança que fazia barulhos diferentes. Os pais falaram que ela tinha uma deficiência. Quando descobri o diagnóstico do meu filho, jurei pra mim que ele não seria mais uma criança escondida dentro de casa”, disse ela em entrevista ao jornal O Globo.

A reportagem, que aborda o maior acesso ao diagnóstico do autismo e o conhecimento das famílias, também trouxe relatos da psicóloga Mayra Gaiato e o médico psiquiatra Guilherme Polanczyk.

Compartilhe

Comentários

Grupo Método

Fique por dentro das últimas notícias!
Assine a nossa News.

Autismo e outros transtornos do espectro autista

Por Redação da Revista Autismo
O Autismo Infantil foi descrito inicialmente por Kanner em 1943…

Pesquisa do CDC revela número alto de prevalência de autismo nos EUA em crianças de 8 anos, além de grande aumento em relação a pesquisa anterior

/
Por Redação da Revista Autismo
Os números são de se duvidar. Não fosse a credibilidade do Center of Disease Control and Prevention (CDC, sigla em inglês para Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos Estados Unidos, a pesquisa poderia ser questionada. Mas não é o caso. Dizer que, em média, nos Estados Unidos, temos uma criança dentro do espectro autista para cada 110 crianças de oito anos de idade é, no mínimo, alarmante. E estes são dados de 2006. Como é mais comum em meninos, eles apresentam números ainda mais preocupantes (um caso em cada 70 indivíduos), ao passo que meninas têm menor risco (um para 315) – a proporção é de quatro a cinco meninos para uma menina.

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo

/
Por Redação da Revista Autismo
O autismo é uma condição crônica, caracterizado pela presença de importantes prejuízos em áreas do desenvolvimento, por esta razão o tratamento deve ser contínuo e envolver uma equipe multidisciplinar (Schwartzman, 2003). A eficácia de um tratamento depende da experiência e do conhecimento dos profissionais sobre o autismo e, principalmente, de sua habilidade de trabalhar em equipe e com a família (Bosa, 2006).