Por

Redação do Canal Autismo

"Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina."

Facebook AutorLinkedin AutorInstagram AutorYoutube Autor

Mãe de trigêmeos autistas busca tratamento na Bahia

4 de outubro de 2021Mãe de trigêmeos autistas busca tratamento na Bahia — Canal Autismo / Revista AutismoReprodução / TV SudoesteImagem: TV Sudoeste/Reprodução

Tempo de Leitura: < 1 minutoNaiara Alves Matos é mãe de três crianças autistas e vive em Itapetinga, no interior da Bahia. Tiago, Benjamim e Wesley nasceram em 2019 e foram diagnosticados com autismo no ano passado.

De acordo com o G1, a situação das três crianças é delicada. “Os três batiam a cabeça na cabeça. O Wesley se fere, senta e começa a se coçar e quando a gente ver, já está sem a pele, sangrando. Ele fere a cabeça e agora começou a arrancar a pelezinha da boca”, disse a mãe.

Sem atendimento especializado no município, a mãe entrou com um pedido no Ministério Público da Bahia (MP-BA) para conseguir uma intervenção baseada em Análise do comportamento aplicada (ABA) de 30 horas semanais.

“Tento respirar, para não surtar e adoecer, porque se eu adoecer, o que será deles? Eles não têm mais ninguém, eles não têm mais minha mãe, eu perdi minha mãe faz um ano. Tem sido dias difíceis”, completou.

Compartilhe

Comentários

Academia do Autismo

Fique por dentro das últimas notícias!
Assine a nossa News.

Autismo e outros transtornos do espectro autista

Por Redação da Revista Autismo
O Autismo Infantil foi descrito inicialmente por Kanner em 1943…

Pesquisa do CDC revela número alto de prevalência de autismo nos EUA em crianças de 8 anos, além de grande aumento em relação a pesquisa anterior

/
Por Redação da Revista Autismo
Os números são de se duvidar. Não fosse a credibilidade do Center of Disease Control and Prevention (CDC, sigla em inglês para Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos Estados Unidos, a pesquisa poderia ser questionada. Mas não é o caso. Dizer que, em média, nos Estados Unidos, temos uma criança dentro do espectro autista para cada 110 crianças de oito anos de idade é, no mínimo, alarmante. E estes são dados de 2006. Como é mais comum em meninos, eles apresentam números ainda mais preocupantes (um caso em cada 70 indivíduos), ao passo que meninas têm menor risco (um para 315) – a proporção é de quatro a cinco meninos para uma menina.

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo

/
Por Redação da Revista Autismo
O autismo é uma condição crônica, caracterizado pela presença de importantes prejuízos em áreas do desenvolvimento, por esta razão o tratamento deve ser contínuo e envolver uma equipe multidisciplinar (Schwartzman, 2003). A eficácia de um tratamento depende da experiência e do conhecimento dos profissionais sobre o autismo e, principalmente, de sua habilidade de trabalhar em equipe e com a família (Bosa, 2006).