Por

Redação do Canal Autismo

"Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina."

Facebook AutorLinkedin AutorInstagram AutorYoutube Autor

Latam é multada em R$ 3 milhões por proibir embarque de criança autista sem máscara

16 de agosto de 2021Imagem: Anna Zvereva/Reprodução

Tempo de Leitura: < 1 minutoA Latam foi multada em R$ 3,1 milhões por impedir o embarque de uma criança autista que não usava máscara no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá. O caso ocorreu em dezembro de 2020 e o processo se baseou na Lei Federal 14.019/2020, a qual incluiu autistas na lista de casos excepcionais no uso obrigatório de máscara, mediante apresentação de laudo médico.

Tismoo Biotech

De acordo com informações divulgadas pelo G1, a Latam Airlines Brasil informou que foi notificada e prestará os esclarecimentos necessários ao órgão. A Latam alcançou um total de R$ 39,3 milhões em infrações, tendo o valor reduzido para R$ 3.192.300,00 por conta do limite estabelecido pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC). A empresa ainda pode recorrer ao Procon do Mato Grosso.

Compartilhe

Comentários

Fique por dentro das últimas notícias!
Assine a nossa News.

Greta Thunberg — Autismo leve que muda o mundo — Revista Autismo

GRETA THUNBERG

Por Fátima de Kwant
A pessoa mais comentada do ano é, sem dúvida, a ativista do meio ambiente, Greta Thunberg. A jovem de apenas dezesseis anos, nascida na Suécia, tornou-se a mais conhecida representante juvenil das comunidades mundiais que lutam pela preservação da natureza, tema bem em pauta, internacionalmente.
Colar de Girassóis e autismo - Kim Baker - Revista Autismo

Sunflower Lanyard

/
Por Redação da Revista Autismo
In an exclusive article for Brazilian magazine Revista Autismo,…
Colar de Girassóis e autismo - Kim Baker - Revista Autismo

Colar de girassóis

/
Por Redação da Revista Autismo
Em texto exclusivo para a Revista Autismo, mãe inglesa conta como foi o fato que viralizou no mundo inteiro. O esquema de usar o cordão de girassóis como indicação de deficiências ocultas começou em junho de 2016 no aeroporto de Gatwick, Londres. A intenção era ser um sinal discreto para os funcionários, a fim de reconhecer o usuário (ou um acompanhante do usuário) que precisasse de ajuda, tempo ou assistência extra ao passar pelo aeroporto. Após o seu sucesso, esforços têm acontecido para estender o uso do cordão a outros lugares.