Por

Paula Ayub

É psicóloga clínica, terapeuta de família, diretora do Centro de Convivência Movimento – local de atendimento para autistas –, autora de vários artigos e capítulos de livros, membro do GT de TEA da SMPD de São Paulo e membro do Eu me Protejo (Prêmio Neide Castanha de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes 2020, na categoria Produção de Conhecimento).

Facebook de Paula AyubTwitter de Paula AyubInstagram de Paula AyubCanal no Youtube de Paula Ayub

Animação ‘Loui’s shoes’ trata de inclusão com muita sensibilidade

28 de abril de 2022“Loui’s shoes” — Canal Autismo / Revista Autismo

Tempo de Leitura: < 1 minutoUm curta premiado pelo CG Award de Marion Philippe, Kayu Leung, Théo Jamin e Jean-Géraud Blanc.

Loui é um garoto de 8 anos e meio e usa sapatos de velcro porque não sabe “dar laço”.

Tismoo Biotech

Muda de escola frequentemente e não entende porque as pessoas balançam as mãos para dizer ‘oi’.

Ele tem um ‘palácio’ mental onde todas as coisas se encaixam em pequenos quadrados e linhas retas. Gosta do seu mundo assim.

Acha que ser convidado para festas de aniversários significa que você é um bom colega, mas acha tudo muito barulhento e muito cheio de gente: “felizmente não sou convidado” ele diz.

Seus sapatos estão sempre ao seu lado. Tira-os para tudo, mas sempre estão lá.

Ninguém entende porque Loui tira os sapatos e os coloca ao seu lado e, como qualquer coisa que não entendemos, isso incomoda seus colegas que um dia escondem seus sapatos de velcro.

O mundo de Loui desaba. Seu ‘palácio’ mental colapsa.

E mais uma vez ele muda de escola porque ele é o problema.

Na nova escola, ao se apresentar e sob o olhar atento da professora para si e seus colegas, percebe que alguns alunos tiram seus sapatos e os coloca ao lado.

Um gesto de uma educadora sensível e inclusiva que pode mudar toda uma história.

Vamos pensar nisso?

Compartilhe

Comentários

Quantos autistas há nas universidades brasileiras? — Revista Autismo

Quantos autistas há nas universidades brasileiras?

/
Por Tiago Abreu
Os dados mais recentes do Censo da Educação Superior, promovido anualmente desde 1995 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), afirma que existem 1.532 autistas no ensino superior brasileiro. Apesar do número oficial, não existe uma forma exclusiva para que as instituições alcancem estes dados e, com isso, cada universidade utiliza seus próprios meios.
Revista Autismo nº 7

Revista Autismo número 7 — índice

Por Redação da Revista Autismo
Índice de conteúdo da Revista Autismo edição número 7 de dezembro/2019, janeiro e fevereiro/2020.