Por

Redação do Canal Autismo

Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina.

Facebook de Redação do Canal AutismoLinkedin de Redação do Canal AutismoInstagram de Redação do Canal AutismoCanal no Youtube de Redação do Canal Autismo

Governo Federal estabelece critérios para isenção de IPI a autistas

8 de maio de 2022Governo Federal estabelece critérios para isenção de IPI a autistas — Canal Autismo / Revista Autismo

Tempo de Leitura: < 1 minutoO presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto presidencial nº 11.063, que prevê critérios para concessão de IPI na aquisição de automóveis para pessoas com deficiência, incluindo autistas. De acordo com o texto, para que a isenção seja concedida, é necessário um diagnóstico de transtorno autista (F.84.0) e o autismo atípico (F.84.1), de acordo com a décima edição da Classificação Internacional de Doenças (CID-10).

Segundo nota emitida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, a expectativa é indicar “o caminho para a mudança da avaliação da deficiência, de um modelo biomédico para o modelo biopsicossocial previsto na Lei Brasileira de Inclusão”.

Academia do Autismo

Compartilhe

Comentários

MMS ou CDS cura autismo? — Revista Autismo

MMS cura autismo?

/
Por Andréa Werner
Mas, afinal, o que é esse MMS? A sigla vem de Mineral Miracle Solution, ou “Solução Mineral Milagrosa”, recentemente rebatizado: “Solução Mineral Mestre” ou uma nova sigla, CDS (Chlorine Dioxide Solution). Apesar dos nomes bonitos, a substância não passa de dióxido de cloro, um alvejante potente que é criado ao se misturar clorito de sódio a ácido clorídrico. Na indústria, ele é usado para branquear a polpa da madeira destinada a fazer o papel, e há até um protocolo específico para lidar com ele devido à sua toxicidade. O uso do MMS como “cura” ou tratamento para autismo ficou mais conhecido após o livro da também americana Kerri Rivera, “Curando os sintomas conhecidos como autismo” ao detalhar um protocolo para se alcançar a cura do autismo, que inclui dieta, desintoxicação e o uso do MMS por via oral e através de enemas — a introdução do produto diluído diretamente no intestino da criança, por via anal. O resultado dos enemas sucessivos é a descamação das paredes do intestino e muito muco, que, quando expelido, é apontado pela autora como “vermes causadores dos sintomas de autismo”.

Editorial – edição 5

/
Por Francisco Paiva Jr.
Nosso número anterior foi um sucesso. Chegamos gratuitamente (graças à Jamef Transportadora e à Azul Cargo) a mais de 60 cidades no Brasil. E outras em Portugal (graças à TAP Cargo). Parcerias que nos ajudaram a levar informação, sem nenhum custo, a milhares de autistas, famílias e profissionais. Nosso muito obrigado! A reportagem de capa desta edição trata do mercado de trabalho para pessoas com autismo. Tentei abranger todo o espectro e procurar informação dos mais diversos tipos de modalidade de trabalho, de empregos comuns e cotas a emprego apoiado.

Revista Autismo número 5 — índice

/
Por Redação da Revista Autismo
Índice da Revista Autismo número 5, de junho de 2019, com notícias, artigos, reportagens, colunas e sessões, opinião, história em quadrinhos e muito mais.