Por

Redação do Canal Autismo

"Canal Autismo é a maior plataforma de conteúdo a respeito de autismo da América Latina."

Facebook AutorLinkedin AutorInstagram AutorYoutube Autor

‘É imperdoável’, disse mãe de autista que encontrou filho sujo com fezes na escola

11 de outubro de 2021'É imperdoável', disse mãe de autista que encontrou filho sujo com fezes na escola — Canal Autismo / Revista AutismoReprodução / TV AnhangueraImagem: TV Anhanguera/Reprodução

Tempo de Leitura: < 1 minutoLiza Pimentel é fotógrafa e mãe de uma criança autista que estuda na Escola Municipal de Tempo Integral Carolina Campelo, em Palmas. Em vídeo publicado no início deste mês, a mãe flagrou o filho sujo com fezes ao buscá-lo na escola.

De acordo com informações divulgadas pelo G1, o menino tem 6 anos de idade e começou a frequentar presencialmente a escola recentemente. Ele estava sozinho em uma sala, sujo com fezes. No vídeo, a mãe disse: “Ele é autista não verbal. Não permito isso e não é a primeira vez que isso acontece. É imperdoável numa escola desse tamanho”.

Em entrevista, ela afirmou que foi buscar o menino com 15 minutos de antecedência e os funcionários disseram apenas que ele estava em outra sala assistindo aula. “Estava cheio de cocô, comendo as próprias fezes. Todo sujo, as mãozinhas e todos os brinquedos também. Se não tomar cuidado ele come mesmo. Ele não tem noção de perigo e mesmo com dois cuidadores ele estava nessa situação. Fiquei em choque e comecei a chorar. Queriam me impedir de sair, mas fui no carro para filmar como ele foi encontrado”, contou.

A Secretaria Municipal de Educação de Palmas, por meio de comunicado, afirmou que um novo profissional seria treinado para a instituição e os dois cuidadores foram afastados.

Compartilhe

Comentários

Academia do Autismo

Fique por dentro das últimas notícias!
Assine a nossa News.

Autismo e outros transtornos do espectro autista

Por Redação da Revista Autismo
O Autismo Infantil foi descrito inicialmente por Kanner em 1943…

Pesquisa do CDC revela número alto de prevalência de autismo nos EUA em crianças de 8 anos, além de grande aumento em relação a pesquisa anterior

/
Por Redação da Revista Autismo
Os números são de se duvidar. Não fosse a credibilidade do Center of Disease Control and Prevention (CDC, sigla em inglês para Centro de Controle e Prevenção de Doenças), nos Estados Unidos, a pesquisa poderia ser questionada. Mas não é o caso. Dizer que, em média, nos Estados Unidos, temos uma criança dentro do espectro autista para cada 110 crianças de oito anos de idade é, no mínimo, alarmante. E estes são dados de 2006. Como é mais comum em meninos, eles apresentam números ainda mais preocupantes (um caso em cada 70 indivíduos), ao passo que meninas têm menor risco (um para 315) – a proporção é de quatro a cinco meninos para uma menina.

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo

/
Por Redação da Revista Autismo
O autismo é uma condição crônica, caracterizado pela presença de importantes prejuízos em áreas do desenvolvimento, por esta razão o tratamento deve ser contínuo e envolver uma equipe multidisciplinar (Schwartzman, 2003). A eficácia de um tratamento depende da experiência e do conhecimento dos profissionais sobre o autismo e, principalmente, de sua habilidade de trabalhar em equipe e com a família (Bosa, 2006).